CELEBRAÇÕES AOS DOMINGOS:
07h - 10h - 17h e 20h
previous arrow
next arrow
Slider

Morte não é a última palavra, afirma Papa no Dia de Finados





Francisco afirmou que o homem está destinado a uma vida sem limites, que tem a sua raiz e a sua realização em Deus

Papa Francisco ressalta que a celebração de Finados e a Solenidade de Todos os Santos, celebradas nos dias 01 e 02 de novembro, são duas ocorrências intimamente ligadas entre si, do mesmo modo que a alegria e as lágrimas encontram em Jesus uma síntese, que é o fundamento da nossa fé e da nossa esperança:

O Papa lembra que o cemitério é um ?lugar de repouso?, à espera do despertar final, e foi o próprio Jesus que revelou que a morte do corpo é como um sono do qual ele nos desperta. ?É, pois, com esta fé que devemos olhar para os túmulos dos nossos entes queridos, daqueles que nos amaram e nos fizeram algum bem?, afirmou.

Francisco disse que os fieis são chamados a recordar a todos, mesmo aqueles de que ninguém se lembra. ?Recordemos as vítimas da guerra e da violência; tantos ?pequenos? do mundo esmagados pela fome e pela pobreza. Recordemos os irmãos e as irmãs mortos por serem cristãos; e aqueles que sacrificaram a vida para servir aos outros. Confiemos ao Senhor especialmente aqueles que nos deixaram ao longo do último ano?.

A tradição da Igreja sempre exortou os fieis a rezarem pelos falecidos, em particular, com o oferecimento de uma Missa, explicou o Papa. Segundo ele, a Celebração Eucarística é a melhor ajuda espiritual para dar às almas, especialmente às mais abandonadas.

E destacou que o fundamento desta oração pelos defuntos está na comunhão do Corpo Místico, pois, como diz o Concílio Vaticano II, ?a Igreja peregrina sobre a terra, bem ciente desta comunhão de todo o corpo místico de Jesus Cristo, desde os primeiros tempos da religião cristã, tem honrado com grande piedade a memória dos mortos?.

?A memória dos defuntos, o cuidado pelas sepulturas e os sufrágios são o testemunho de confiante esperança, enraizada na certeza de que a morte não é a última palavra sobre o destino do ser humano, porque o homem está destinado a uma vida sem limites, que tem a sua raiz e a sua realização em Deus?.


Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Rua Cel. Aurelino,8 - Formiga-MG 37 3321-2955