CELEBRAÇÕES NA MATRIZ:
SEXTA E SÁBADO: 19H
DOMINGO: 07h - 10h - 19h
previous arrow
next arrow
Slider

Como manter a saúde em tempos de quarentena?

O mundo, de repente, ficou de pernas para o ar. Nossa vida foi remexida e orientada para direções que não esperávamos. De súbito, nos vemos confinados, e é isso mesmo, – fique em casa. Para garantir o máximo de segurança frente à esta pandemia, nosso refúgio deve ser prioritariamente nossas casas, mas como garantir a elas um ambiente saudável?

Porque podemos nos trancar para evitar a proliferação do coronavírus, mas dentro de casa proliferarmos hábitos e ações que podem nos adoecer de outras formas, como, por exemplo, gerar um quadro de ansiedade, depressão, pânico e até mesmo uma convivência nociva àqueles que sem planejamento nenhum se veem entre quatro paredes.

Dicas para cuidar da saúde nesta quarentena

1º) Cuide do seu corpo:

O fato de estar em casa pode nos levar a dar ao nosso corpo um ritmo que não se atem às suas necessidades. Por exemplo, não ter horas estabelecidas das refeições e essas não terem os nutrientes necessários, com isso, gerando um corpo doente. Podemos, em nome de não poder sair de casa, ficar sentado no sofá assistindo a séries e mais séries na TV. Então, garanta já uma saúde para seu corpo, tendo atenção a estas 4 realidades:

Alimentação saudável, sono reparador (não é para dormir de mais e nem de menos,e sim o ideal para sua idade); higiene, pois podemos em nome do “estar em casa” não priorizar hábitos normais de uma boa higiene, lembre-se de que, para hoje, esse quesito deve ser mais ainda observado; ordem na vida, ou seja, tenha uma rotina para seu dia, coloque nele atividades físicas que possam ser realizadas no ambiente domiciliar e, por último, silêncio, pois em meio a tantas falas e informações podemos estar “empanturrados” de tanto ouvir e não gastar tempo em si ouvir.

2ª) Cuide de sua cabeça:

Uma vez que estamos confinados podemos gastar muita energia mental com aquilo que não alimenta a nossa alma e, com isso, dar “doses tóxicas” para nossos pensamentos e emoções. Diminua o acesso às noticias, priorizando-as por fontes seguras. O excesso de informação quanto às repercussões deste vírus podem te colocar em um quadro de ansiedade que afetará não só ao seu psicológico mas também diminuir sua imunidade. O necessário sobre o vírus garanto que você já sabe e, por isso, prevenir é o melhor que você pode no momento.

Leia a bons livros, faça cursos online de assuntos variados, oxigene sua mente com temas e assuntos diversos que sejam nobres e verdadeiros.

3º) Olhe para eternidade:

Uma vez que nos trancamos em casa podemos ter um olhar muito rasteiro da vida, da nossa e daqueles que estão ao nosso redor. Mas quem tem fé entra na dinâmica de uma vivência que não para nesta terra, aproveita essas situações para uma revisão existencial. Pois, pensávamos ter segurança e controle de nossa vida e, subitamente, nossas “liberdades” foram cerceadas por um invisível ser.

É hora de pensarmos na vida que estamos vivendo, o que permanecerá frente à eternidade? Amo o bastante? Qual a hierarquia de valores que tenho? As pessoas vêm antes das coisas e afazeres? Podemos ter um olhar pessimista ou esperançoso, basta deixar a fé tomar a dianteira de nosso coração.

Espero que, de fato, estar em casa nos leve a fazer de nosso domicilio um lar onde mais do que nos protegermos de um vírus, possamos transformar nossa existência neste mundo. Não é hora de ter um olhar individualista (nunca foi hora) mas agora urge o olhar coletivo, o olhar para o essencial e, acima de tudo, um olhar para Deus que tem cuidado de nós. Faça de sua casa um lar saudável e luminoso em que a luz do amor, esperança e fé possam brilhar e gerar vida.

Fonte: Canção Nova

Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Rua Cel. Aurelino,8 - Formiga-MG 37 3321-2955