previous arrow
next arrow
Slider

Casamento feliz? Eis a receita

Um dia desses encontrei-me com um casal que enfrenta uma situação difícil no casamento. A esposa estava frustrada, triste e abatida. Queria o divórcio. O marido não tinha ideia de que havia um problema, tudo parecia estar bem aos seus olhos. Foi aí que a esposa descarregou seus anos de frustração de uma só vez. Ele ficou espantado ao saber que ela estava tão infeliz assim ao seu lado.

Fiquei intrigado pela forma como eles tinham chegado a tal situação. Qual o motivo, ou motivos, que levam um casal que começou determinado, motivado e disposto a vencer todas as barreiras juntos, a se ver à beira de uma separação? O que leva um dos cônjuges a guardar anos de infelicidade, ressentimento e mágoa, preferindo não relatar isso até que chegue à beira de um fim trágico? Como pode acontecer que um marido desconheça, completamente, o que se passa no coração e na mente de sua esposa?

Durante o atendimento fui descobrindo que o casal tinha parado com hábitos importantes e essenciais para um casamento saudável. Pararam de conversar, já não cuidavam um do outro como antes, tornaram-se indiferentes ao que se passava com o outro e o relacionamento esfriou. Mesmo morando dentro da mesma casa, viviam em mundos completamente diferentes. Após ouvi-los, disse que era possível reconstruir um casamento destruído ao longo do tempo. Bastava acreditar, querer e fazer! Para ajuda-los precisavam de um compromisso diário que envolvesse ambos os cônjuges.

Na maioria dos casos, quando o casamento vai de “mal a pior”, a tendência da esposa é ficar procurando desculpas ou apontar o marido como culpado e vice-versa. Isso não resolve o problema, só piora a situação. Se o casamento não vai bem, a culpa é do casal. Claro que um dos dois pode ter maior parcela de culpa, mas ambos precisam ter consciência de que os dois precisam agir de maneira diferente para a reconstrução do relacionamento conjugal.

Isso é a base da “receita de casamento” para quem deseja ter um relacionamento saudável, santo e feliz.

Pois bem, disto isso, sabemos que os problemas dentro de um relacionamento sempre existiram e sempre existirão. E muitos casais se mostram completamente despreparados para lidar com as “batalhas” do casamento. Há muitos ainda que acreditam, após o casamento, numa vida completamente sem problemas e coroada com a célebre frase “E foram felizes para sempre!”. Doce ilusão (muitas vezes bem amarga!).

Você sabia que, após a instituição da lei do divórcio no Brasil (quarenta anos atrás), um em cada três casamentos termina em separação no país?  É o que mostram os dados do Instituto Brasileiro de Geografia   Estatística (IBGE). Em 1984, as dissoluções representavam cerca de 10% do universo de casamentos, com 93.300 divórcios. Essa correlação saltou para 31,4% em 2016 – com 1,1 milhão de matrimônios e 344 mil separações.

O que fazer? Há uma luz no fim do túnel? Penso que sim: cuidado! Precisamos praticar em todos os nossos relacionamentos a “arte de cuidar”. Quem ama, cuida.

Veja alguns segredos para você ser mais feliz no casamento e fazer o outro feliz:

  • Não adie a felicidade, seja feliz agora!
  • Sinta gratidão e externe-a ao seu cônjuge: “Obrigado por ser tão gentil!”, “Obrigado pelo delicioso jantar!”.
  • Confie e seja confiável (afaste o ciúme).
  • Fuja das discussões acaloradas (brigas são as maiores ciladas em um casamento).
  • Demonstre seu amor fisicamente (toque, beije, abrace).
  • Seja honesto (a) nas finanças.
  • Surpreenda: faça algo inesperado (um bilhetinho no bolso da camisa, uma flor quando voltar para casa).
  • Apoie seu cônjuge.
  • Os dois devem andar na mesma direção.
  • Não se deve parar de namorar.
  • Dialogue constantemente, diariamente.
  • Deixe o egoísmo de lado e busque satisfazer as necessidades do outro acima das suas.
  • Seja fiel em pensamento, palavras e ações.
  • Peça perdão e perdoe.

Resumindo, o segredo para um casamento feliz é fazer o bem, ser correto(a) no agir, no falar e no pensar. É tratar a outra pessoa como gostaríamos de ser tratados. Sempre que você tiver dúvida sobre o impacto de uma palavra ou decisão sobre seu casamento, coloque-se no lugar do seu cônjuge. Você saberá o que fazer.

Deus os abençoes sempre!

Pe. Chrystian Shankar

Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Rua Cel. Aurelino,8 - Formiga-MG 37 3321-2955